11°C 14°C
Capão da Canoa, RS
Publicidade

Remédios ficarão mais caros a partir desta segunda-feira

O preço dos remédios vendidos em todo o país pode aumentar até 4,33%

31/03/2019 às 19h14 Atualizada em 05/04/2019 às 00h25
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Reprodução internet
Foto: Reprodução internet

O preço dos remédios vendidos em todo o país pode aumentar até 4,33%, a partir desta segunda-feira (1º). O valor, definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, ficou acima da inflação de 2018, que fechou o ano em 3,75%.

De acordo com o Ministério da Saúde, esse percentual de quase 4,5% é o teto permitido de reajuste, o que significa que cada empresa pode decidir se vai aplicar o índice total ou menor. Ainda segundo a pasta, o cálculo é feito com base em fatores como a inflação dos últimos 12 meses – o IPCA -, a produtividade das indústrias de remédios, o câmbio e a tarifa de energia elétrica, além da concorrência de mercado.

Continua após a publicidade

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos publica, todo mês, no site da Anvisa, a lista com os preços de medicamentos já com os valores do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), que é definido pelos estados. As empresas que descumprirem os preços máximos permitidos ou aplicarem um reajuste maior do que o estabelecido podem pagar multa que varia de R$ 649 a R$ 9,7 milhões.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Capão da Canoa, RS
13°
Chuvas esparsas

Mín. 11° Máx. 14°

13° Sensação
0.23km/h Vento
91% Umidade
100% (20.86mm) Chance de chuva
07h14 Nascer do sol
05h37 Pôr do sol
Dom 15° 13°
Seg 16° 14°
Ter 16° 14°
Qua 18° 14°
Qui 18° 14°
Atualizado às 16h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 337,781,50 +1,90%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade