Sexta, 20 de Maio de 2022
12°

Poucas nuvens

Capão da Canoa - RS

Saúde Saúde

Novo serviço de oncologia no litoral norte é pauta de reunião

Secretária Estadual de Saúde e secretários municipais discutiram melhorias para a saúde pública da região

25/03/2022 às 11h16
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Foram intensificadas tratativas para a implantação de um serviço de oncologia no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. O assunto foi levantado em uma reunião da secretária da Saúde, Arita Bergmann, com os secretários municipais de Saúde da região, em Tramandaí, nesta quinta-feira (24). "Sabemos da necessidade e da importância de oferecer atendimento e conforto aos pacientes de câncer que moram no Litoral Norte. Estamos sempre buscando oferecer serviços de saúde cada vez mais perto dos cidadãos", falou a secretária Arita. Ela disse que a região tem um índice de 1,1 mil casos novos de câncer por ano, e o Hospital de Osório possui potencial para oferecer o serviço. Há a possibilidade de inclusão deste projeto na terceira fase do programa Avançar na Saúde, que será divulgado pelo governador Eduardo Leite nas próximas semanas. "Nossos pacientes precisam se deslocar quase que diariamente para fazer seu tratamento em Porto Alegre. Além de oneroso para os cofres públicos, é um desgaste extra para quem já está em um momento de fragilidade", falou o secretário de Saúde de Tramandaí, Luciano Von Saltiel.

A secretária e diretores da Secretaria da Saúde (SES) estiveram em Tramandaí para ouvir essa e outras demandas da região litorânea. "O salão está lotado de secretários que vieram conversar com a senhora porque sabem que a senhora acolhe nossos problemas e é resolutiva", acrescentou Luciano. O presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS), Maicon Lemos, agradeceu à secretária Arita por olhar para a região. "O Cosems é parceiro na busca de soluções para os anseios dos secretários e um elo junto ao Governo do Estado".

Para dar conta desta demanda crescente, a região recebeu, do Governo do Estado, um valor de R$ 12 milhões pelo programa Avançar na Saúde; um aumento de quase 30% no valor repassado em incentivos estaduais pelo programa Assistir, passando de R$19 milhões para R$ 24,4 milhões, que contempla seis novos ambulatórios de especialidades; e ainda receberá R$ 2,7 milhões pelo programa Cirurgia+, para incentivar a retomada de cirurgias eletivas e consultas de especialidades médicas que estavam com demanda reprimida por conta da pandemia. Entrará em estudo pela equipe técnica da SES também a ampliação de serviços de oftalmologia.

Saúde Mental

Para qualificar o atendimento da Saúde Mental na região, a secretária Arita anunciou que está em tramitação no Ministério da Saúde a possibilidade de habilitação de 30 novos leitos dessa especialidade, a serem alocados 10 em Osório, 10 em Mostardas e 10 em Santa Antônio da Patrulha.

A partir do próximo final de semana (26 de março), de acordo com o diretor da Regulação Estadual, Eduardo Elsade, uma realocação de profissionais permitirá que se faça a regulação da Saúde Mental também aos finais de semana e feriados, e durante a noite o serviço passe a ser ofertado pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Capão da Canoa - RS Atualizado às 01h49 - Fonte: ClimaTempo
12°
Poucas nuvens

Mín. 10° Máx. 19°

Sáb 20°C 8°C
Dom 20°C 11°C
Seg 23°C 13°C
Ter 25°C 14°C
Qua 17°C 11°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes