Sábado, 04 de Dezembro de 2021
22°

Poucas nuvens

Capão da Canoa - RS

Geral Meteorologia

Nuvem de poeira da Patagônia chegará à costa gaúcha nas próximas horas

Imagens de satélite do final da tarde desta segunda mostravam a poeira sobre o Oceano Atlântico

25/10/2021 às 22h21
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma imensa nuvem de poeira gerada por tempestades de vento na Patagônia vai chegar ao litoral do Sul do Brasil nas próximas horas. Imagens de satélite do final da tarde desta segunda mostravam a poeira sobre o Oceano Atlântico na costa da província argentina de Buenos Aires e na foz do Rio da Prata.

Na imagem, observa-se a nuvem de poeira pela sua cor mais marrom e o aspecto mais leitoso na comparação com as nuvens. O material particulado acompanha o avanço de uma frente fria com ar mais na retaguarda que vai apenas tangenciar e não alcançará o Rio Grande do Sul. Sua tendência de deslocamento é para Nordeste.

Por isso, a previsão é que a poeira permaneça predominantemente sobre o mar ao chegar na altura das águas territoriais do Brasil. Se parte da nuvem de poeira atingir áreas continentais será sobre o Extremo Sul e o Leste gaúcho, mas durante a noite de hoje e a madrugada desta terça, quando as imagens de satélite não permitem sua clara observação,

Na prática, a nuvem de poeira sequer deve ser percebida pelas pessoas. Como já destacado pela MetSul, esta nuvem de poeira em nada pode ser comparada àquelas que foram vistas no interior de São Paulo e no Centro-Oeste do Brasil.

É apenas material particulado em suspensão na atmosfera, assim como ocorre rotineiramente com a poeira do Saara que chega ao Caribe e ao continente europeu. No máximo, o efeito é deixar o céu mais acinzentado e realçar as cores do nascer e do pôr do sol.

É apenas material particulado em suspensão na atmosfera, assim como ocorre rotineiramente com a poeira do Saara que chega ao Caribe e ao continente europeu. No máximo, o efeito é deixar o céu mais acinzentado e realçar as cores do nascer e do pôr do sol.

Geralmente, as nuvens de poeira formadas por vento forte na Patagônia são menores e com tendência de deslocamento para Leste e Sudeste. O que faz desta diferente é o seu enorme tamanho e o deslocamento para latitudes médias do continente, chegando ao Uruguai e nas próximas horas ao litoral do Rio Grande do Sul.

 

Via MetSul

Capão da Canoa - RS Atualizado às 20h25 - Fonte: ClimaTempo
22°
Poucas nuvens

Mín. 19° Máx. 28°

Dom 29°C 19°C
Seg 27°C 20°C
Ter 28°C 18°C
Qua 29°C 19°C
Qui 26°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes